quinta-feira, 27 de dezembro de 2012 | By: Nilson Nobre.

Resenha Literária #10: Um Mundo Brilhante

Um Mundo BrilhanteTítulo: Um Mundo Brilhante
Autor: Tammy Greenwood
Ano: 2012
Editora:  Novo Conceito
Categoria: Drama
Sinopse: Quando o professor Ben Bailey sai de casa para pegar o jornal e apreciar a primeira neve do ano, ele encontra um jovem caído e testemunha os últimos instantes de sua vida. Ao conhecer a irmã do rapaz, Ben se convence de que ele foi vítima de um crime de ódio e se propõe a ajudá-la a provar que se tratou de um assassinato. Sem perceber, Ben inicia uma jornada que o leva a descobrir quem realmente é, e o que deseja da vida. Seu futuro, cuidadosamente traçado, torna-se incerto, pois ele passa a questionar tudo à sua volta, desde o emprego como professor de História, até o relacionamento com sua noiva. Quando a conheceu, Ben tinha ficado impressionado com seu otimismo e sua autoconfiança. Com o tempo, porém, ela apenas reforçava nele a sensação de solidão que o fazia relembrar sua infância problemática. Essa procura pelas respostas o deixará dividido entre a responsabilidade e a felicidade, entre seu futuro há muito planejado e as escolhas que podem libertá-lo da delicada teia de mentiras que ele construiu. Esta, enfim, é uma história fascinante sobre o que devemos às pessoas, o que devemos a nós mesmos e o preço das decisões que tomamos.

Resenha:

Realidade na ficção. 


        Posso dizer que estou extasiado. "Um mundo brilhante" traz uma história triste e absurdamente real, que nos faz - ou pelo menos me fez - pensar nas escolhas que tomamos enquanto vivemos. 
         A narrativa da Tammy Greenwood é realmente muito boa. Eu consegui imaginar e sentir as cenas de uma forma fantástica. Ela escreve de uma forma tão leve que te faz relaxar, a escrita dela é tão boa, mais tão boa, que você fica com pena de terminar a leitura - não estou exagerando, ok?. 
     A história deixou em mim um sentimento de angústia e tristeza. Ela despertou em mim um sentimento de nostalgia. Ela me fez refletir sobre determinadas decisões que tomei perante a determinadas situações que vivi. Ela é daquele tipo de história que te faz ficar pensando depois. 
      Os personagens são muito reais, eles, fugindo totalmente do convencional, cometem erros - muitos erros, na verdade. O protagonista, por exemplo, não é um cara honesto, ou um exemplo a ser seguido, ele é, na verdade, uma pessoa como qualquer outra. Uma pessoa cheia de falhas. E isso o tornou único para mim. Tornou a história única para mim.
     Se você gosta de um livro que fuja da mesmice de sempre, "Um mundo brilhante" é, sem dúvida alguma, uma ótima escolha. Livro recomendado. 

Postado por: Nilson Nobre



1 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom,
li algumas coisas folhe-ei algumas postagens,
gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha.
Deixo-lhe a minha bênção.
E que haja muita felicidade e saúde em sua vida e em toda a sua casa.
PS. Se desejar seguir o meu blog,Peregrino E Servo, fique á vontade, eu vou retribuir.

Postar um comentário